circle-loader
Escrito por
148

Orçar um projeto de design é um dos grandes desafios quando se está iniciando sua carreira como designer freelancer. Saber como apresentar um valor justo pelo seu trabalho e que seja compatível com o dos seus concorrentes não é fácil.

Os projetos de design devem ser pagos não só pelo trabalho em si, mas também por todo o conhecimento profissional e o lucro que você poderá gerar para o seu cliente. Um orçamento de design é algo subjetivo, porém existem alguns elementos chave que precisam ser levados em consideração. Pensando nisso, em parceria com a Fotolia decidimos criar uma lista para te ajudar, confira:

 

Despesas

Se você terá que investir dinheiro no projeto, esse valor não deve sair do seu bolso, então é importante que ele reflita no orçamento. Por isso é importante analisar todos os detalhes do job antes de dar o preço final. Uma dica interessante é sempre que possível dividir esse investimento entre outros projetos, como por exemplo, você terá que assinar um banco de imagens como a Fotolia, para obter recursos visuais, isso é algo que você não utilizará em apenas 1 trabalho, o que te permite repartir esse custo entre os clientes e reduzir o orçamento.

 

Gastos de locomoção

Não são todos os clientes em que este item se aplica, porém em alguns casos você precisará se locomover, seja para um ensaio fotográfico, para reuniões de alinhamento, prova de papel ou até mesmo para apresentação do projeto, sempre leve em consideração o custo de transporte, como gasolina, uso de veículo, transporte público, entre outros. Esses gastos, quando reunidos, geram uma diminuição de ganhos se você esquecer de adicioná-los ao orçamento.

 

Urgência

Sabe aquela famosa frase que todo designer sempre ouve, de que o cliente precisa do trabalho para ontem? Então, quando isso acontece você pode cobrar mais por um trabalho urgente. Porém, quando isso acontece você precisa analisar com muito cuidado antes de aceitar o projeto. Analise todos os trabalhos e outros clientes e certifique-se de que aceitar esse trabalho não vai interferir no prazo dos demais.

 

Conhecimento

Todo o tempo que você dedicou em treinamentos e faculdades entra aqui. Os clientes estão mais dispostos a pagar um valor justo por um trabalho feito por especialista que domina totalmente aquilo que está fazendo. Mostre que você é um profissional qualificado para fazer o serviço e ele não irá reclamar do valor proposto.

 

Tempo

Como já dizia o ditado: “tempo é dinheiro”. Estipule um valor para cobrar pela sua hora e tente sempre estimar o tempo que você vai gastar para fazer o projeto. Tendo o valor da sua hora em mente ficará mais simples orçar um projeto.

Por exemplo você definiu que sua hora de trabalho vale R$100,00 e o projeto levará em média 5h para ser concluído, então um valor base do seu tempo seria de R$500,00 (valor hora x tempo projeto).

 

Forma de pagamento

Esteja sempre preparado para apresentar mais de uma forma de pagamento ao seu cliente e seja flexível quanto a isso. Apresente um orçamento diferente para cada forma de pagamento, por exemplo um projeto que você tem como valor base para ele R$1.200,00. Se o cliente for pagar à vista você pode dar um desconto para ele e cobrar R$1.100, agora se ele decidir parcelar em 2 vezes o valor total seria os R$1.200 mesmo (2 vezes de R$600), imagine também que ele quer pagar em mais vezes como 5 parcelas, você pode colocar um certo “juros” e cobrar mais alto pelo projeto.

 

Gostou? Conhece mais alguma dica para a hora de criar orçamentos? Deixe nos comentários.