10 dicas para fazer um plano de marketing digital eficiente

Por Alana Santos

julho, 10


Com o avanço da internet ficou quase impossível não estar presente nas principais mídias sociais e com isso surgiu o marketing digital, uma ferramenta poderosa e que pode trazer muito resultado para a marca, desde que realizado da maneira correta.

Um bom plano de marketing digital pode ser o que determinará o sucesso do seu de negócio, além de direcionar o caminho para alcançar as metas e apesar de ter se tornado popular apenas recentemente ele já existe há mais de 20 anos.

Muitos ainda encontram bastante dificuldade na hora de criar um bom plano de Marketing Digital e foi pensando nisso que o Reportei separou 10 dicas incríveis, confira:

O que é plano de Marketing Digital?

Antes de mais nada é preciso entender o que é essa ferramenta. O plano de Marketing Digital nada mais é que o planejamento das ações de marketing no ambiente digital on-line. Basicamente o plano para alcançar os objetivos da marca por meio de campanhas.

 

1 – Defina seus objetivos

O primeiro erro que muitos cometem na hora de criar um plano de Marketing Digital é não definir as metas. Saber onde se quer chegar e, mais importante, em quanto tempo você deseja alcançar aquele objetivo é o passo mais importante para definir uma estratégia.

É muito simples dizer que quer vender x produtos ou fazer R$100.000, porém se você não estipular em quanto tempo deseja alcançar esse objetivo se torna quase impossível criar uma estratégia. Nós sabemos que criar esse plano demanda muito tempo, porém realizar essa etapa com cuidado evitará dores de cabeça no futuro e garantirá bons resultados.

Tente estabelecer objetivos a longo prazo e então divida eles em tarefas menores. Por exemplo, se você quer que a sua página no Facebook chegue no 1 milhão de inscritos dentro de 1 ano para o lançamento de um produto é possível separar isso em 12 etapas (1 por mês) e em cada uma fazer ações específicas de modo que não fique sobrecarregado ou muito forçada as ações que serão feitas.

2 – Priorize o que realmente importa

Um erro que é muito cometido é não priorizar as coisas corretas na hora de fazer o planejamento, por isso sempre analise a situação atual da marca, veja algumas dicas do que deve ser priorizado:

  • Já foi feito o trabalho de Marketing Digital antes?
  • Se sim, o que deu certo e errado para essa marca?
  • Quanto foi investido?
  • Quanto poderá ser investido?
  • Qual o prazo que eu tenho para alcançar os resultados?
  • Que estratégia serão usadas?
  • Todos os processos estão bem definidos?

Claro que as prioridades irão variar muito de projeto para projeto, por isso sempre estude bem as características de cada um para ter um bom direcionamento do que deve ser feito.

3 – Lembre-se da concorrência

Os ambientes digitais são muito voláteis e estão em constante mudança, por isso o seu planejamento deve estar sempre alinhado com o mercado.

Estar de olho na concorrência ajuda a ter um parâmetro e se situar melhor dentro do seu nicho de mercado. Analise como eles se posicionam, as tendência e o que as pessoas dizem sobre essas marcas. Conhecendo melhor o seu mercado você poderá oferecer um diferencial e alcançar um número maior de possíveis clientes.

4 – Fique de olho na execução

Pense no seu projeto como se fosse uma criança, é preciso sempre estar de olho para que ele cresça da maneira correta. Não adianta criar um plano de marketing, entregar nas mãos de alguém e pronto, o planejamento exige constante mudanças, pois como já dissemos o mercado está em constante mudança e o que dá certo hoje não necessariamente irá funcionar daqui 1 semana ou 1 mês.

Ficar atento aos resultados irá te ajudar a detectar algum problema que possa ocorrer antes que ele se torne algo grande demais para ser resolvido.

5 – Saiba que resultados ruins podem acontecer

Algo que pega muitos profissionais de surpresa é quando mesmo com um bom plano de Marketing Digital os resultados não são o esperado, porém preciso ter em mente que o ambiente digital é muito inconstante e alguns fatores, que não podem ser controlados, podem sim gerar dificuldades.

Quando isso ocorre é necessário pensar em novas estratégias para tentar alcançar os objetivos planejados para aquele período. Uma boa dica é pensar no investimento em posts patrocinados, pois nem sempre o tráfego orgânico será o suficiente. Investir corretamente em campanhas irá acelerar o processo e ajudará a passar por essa “fase ruim”.

6 – Registre tudo

Nós sabemos que cada pessoa tem uma organização e entende completamente o processo que está fazendo, porém é importante se lembrar que o cliente e os demais envolvidos do projeto também precisam saber o que está acontecendo.

Tente sempre registrar o planejamento e os dados coletados para que caso aconteça algo você tenha onde consultar e os demais envolvidos também consigam enxergar as etapas que estão sendo realizadas. Lembre-se que você é humano e pode acontecer imprevistos que te obrigue a se ausentar, por isso é importante que todos entendam o que está sendo feito para que nessas situações o projeto possa continuar.

7 – Interaja com os usuários

Com as redes sociais, principalmente o Facebook, é muito mais simples criar uma comunicação direta com os usuários da plataforma, permitindo que a marca crie um vínculo maior com as pessoas.

Um grande erro que muitos cometem no momento do planejamento de Marketing Digital é esquecer de separar um tempo para responder dúvidas, feedbacks e prestar suporte, analisar comentários, compartilhamento e etc.Com isso criam um planejamento que torna impossível fazer essas tarefas simples, mas essenciais no mundo digital.

É essa interação que fará com que os seus possíveis clientes criem uma confiança na marca.

8 – Conheça seu público

É impossível criar um plano de Marketing Digital sem conhecer o seu público antes. É por meio do perfil do seu público-alvo que todo o seu conteúdo será direcionado, garantindo que o seu conteúdo chegará para quem importa.

Saber qual a linguagem o seu público prefere faz com que o conteúdo seja realmente efetivo. Estude e conheça o comportamento do seu público para entender quais as necessidades deles.

9 – Saiba onde atuar

Sabemos que é muito comum acreditar que é preciso estar presente em todas as redes sociais existentes, porém isso não é verdade. Cada mídia funciona de uma maneira maneira diferente e pode ser usada para alcançar pessoas distintas.

Por exemplo, imagine que você tem uma marca de pulseiras e seu público-alvo tem em torno de 14/15 anos. Possivelmente seus usuários estarão presentes em redes sociais como Facebook e Instagram, que são mais descontraídas, dificilmente estão em um LinkedIn, então talvez não compense investir em ações de marketing em uma rede na qual seu público é minoria.

10 – Analise os resultados

Nossa última dica é um tanto quanto óbvia, mas essencial para um bom planejamento de Marketing Digital. Uma das etapas mais importantes antes de qualquer planejamento é mensurar resultados anteriores e ver como pode melhorá-los.

O Marketing Digital permite que tudo seja mensurado de forma mais simples e prática, existindo diversas ferramentas, como o Reportei, que auxiliam nessa tarefa. Assim, com resultados, fica mais fácil entender o que está funcionando e o que ainda é preciso mudar para alcançar os resultados.

Os relatórios também são grandes aliados na hora de analisar os resultados obtidos. Nossa equipe usa a ferramenta do Reportei, para gerar relatórios completo em segundos e você pode realizar um cadastro gratuito nesse link para conhecer mais funcionalidades.