circle-loader
Escrito por
58

O Youtube além de ser o maior acervo de vídeos do mundo, foi o principal responsável pelo consumo desenfreado de conteúdos áudio/visuais na web. Empresas e profissionais que trabalham em outras mídias sociais, sentiram a necessidade de encontrar seu público nesse segmento.

Se você ainda não migrou seu conteúdo para esse tipo de produção ou está tendo dificuldades para conseguir fazer o mesmo resultado que nos demais ambiente digitais, esse artigo, feito em parceria com o Reportei, foi escrito especialmente para você.

É valido lembrar que o Youtube não funciona como as demais redes sociais e seu algoritmo é composto por cálculos mais elaborados para o surgimento do engajamento nos vídeos, por isso devemos estar atentos aos 3 pontos principais da plataforma: Público-Alvo, Origem do tráfego e retenção do público.

Vamos explorar cada uma de suas peculiaridades para melhor entendimento da estratégia.

Público-Alvo

Nem sempre o público que consome seu conteúdo, será exatamente o mesmo no Youtube. É claro que podemos contar com outras mídias de apoio para gerar resultados, porém é válido lembrar que seu vídeo está sendo exposto para usuários que não conhecem ao certo sua empresa ou serviço.

Todo vídeo precisa de uma apresentação rápida de quem é você. Faça uma transcrição de seu material lembrando-se que no vídeo, o roteiro precisa ser mais direto e feito em forma de diálogo.

E para saber qual é o conteúdo matador para sua nova audiência, na aba demográfica do Youtube Analytics você tem acesso ao gênero e idade de quem está assistindo seus vídeos. É normal que esse público seja um pouco mais novo, devido a idade geral da audiência da plataforma.

Adaptar a linguagem para sua faixa etária, será essencial para a retenção do seu público.

Origem do tráfego

É óbvio que grande parte de quem irá acompanhar seu canal, estará presente no Youtube vendo seus vídeos direto na plataforma. Porém, você já imaginou quantos sites, blogs ou lista de reproduções o seu conteúdo pode estar?

Com novas tecnologias sendo criadas diariamente, como por exemplos, vídeos sendo assistidos diretamente no WhatsApp, por que devemos saber de onde os usuários estão assistindo?

É simples. Para podermos mensurar esse público e investirmos mais na área com mais resultados. Entender as formas de tráfego responsáveis pelas visualizações de seus vídeos pode ser uma ferramenta poderosa para gerar de forma orgânica mais views.

Retenção do público

E por último, mas não menos importante, saber a taxa de rejeição ou aceitação de seu material é o climax do relatório. Para gerar uma boa estratégia, saber exatamente o que agrada seus telespectadores é algo que vai muito além do simples botões Gostei e Não Gostei.

Esse recurso permiti mensurar seus vídeo individualmente ou o canal completo. Faça uma relação entre minutos do vídeo e duração média de visualizações. Uma retenção média de no mínimo 20% já é considerado algo bastante promissor.

Aproveite o Youtube Analytics para mensurar de forma individual seus vídeos para poder compará-los com envolvimento e engajamento dos demais.

Essa métrica costuma ser bastante interessante quando você consegue visualizar um aumento relativo com o período do números de seguidores. Caso você tenha um aumenta de inscritos, porém sua retenção continua a mesma, tente trazer mudar a linha de pensamento diferente nos próximos vídeos, para aumentar as visitas em seu canal.

Invista em relatórios

Esse foi apenas um resumo de como cada seção das métricas pode ser algo importantíssimo para seu trabalho quando analisadas de forma inteligente.

Caso você queria se aprofundar mais ainda e poder aprender de forma rápida e simples, a Reportei conta com relatórios detalhados e poderosos para você fazer com que seu canal do Youtube tenha sua devida taxa de sucesso.

Para testar a ferramenta você pode realizar um cadastro de testes gratuito através deste link.

  • 1.4K
  •  
  •  
  •