McDonald’s pede desculpas e tira do ar campanha que separava os arcos dourados

Por Alana Santos

O McDonald’s anunciou ontem, dia 25, que iria retirar do ar a campanha “Separados por um momento para estarmos sempre juntos” que mostrava os famosos arcos dourados separados.

A decisão foi tomada devido a grande repercussão negativa que a campanha trouxe ao ser veiculado também nos Estados Unidos, onde muitos usuários e até mesmo políticos questionaram a marca por ser oportunista em meio ao caos causado pela pandemia do coronavírus.

A ideia inicial da ação criada pela DPZ&T era de reforçar que a empresa estava aderindo às medidas de prevenção do vírus e mesmo fechando os restaurantes não deixaria de atender os clientes durante a quarentena.

Nos Estados Unidos, porém, a campanha chegou num momento em que o McDonald’s está lutando contra a crítica de não oferecer aos seus funcionários licença médica paga durante a pandemia.

Até mesmo o senador e pré-candidato democrata à presidência, Bernie Sanders, criticou a empresa dizendo: “dê aos seus trabalhadores licença médica paga“.

O McDonald’s Brasil se desculpou pela campanha em um comunicado ao New York Post: “Como uma marca que opera em quase 120 países, compartilhamos uma responsabilidade coletiva de ajudar nossas comunidades em momentos de necessidade, pedimos desculpas por qualquer mal-entendido da intenção de lembrar nossos clientes e comunidades sobre a importância do distanciamento social durante esses tempos de incerteza“.

Todo o material da campanha já foi removido das redes sociais.