Burger King apresenta sua nova identidade visual

Por Alana Santos

Parece que 2021 será o ano dos redesigns. O Burger King acaba de anunciar que fará uma mudança completa em sua identidade visual.

Essa é a primeira vez, em mais de 20 anos, que a rede de fast food decide dar uma repaginada completa no visual. O novo logo traz de volta alguns elementos da marca utilizada no anos 60 e introduz uma fonteinspirada no formato de seus hambúrgueres, além de uma nova paleta de cores, para criar uma identidade mais digital.

A ideia com a reformulação é torná-la mais moderna, compatível com o digital e em sintonia com a personalidade da marca. A nova identidade foi desenhada pela equipe de criação interna em conjunto com a JKR New York ao longo de dois anos e apresenta um novo logo, que na verdade, retorna a um antigo logo usado pela primeira vez no final dos anos 60.

O logotipo dos anos 60 também representava a marca nominativa em tipo entre dois pães, mas a nova versão altera sutilmente a fonte, a forma e a cor. Ele também inclui uma nova fonte da marca chamada Flame, projetada para imitar as formas da comida do Burger King, bem como uma paleta de cores atualizada, um conjunto de ativos fotográficos e uniformes e embalagens redesenhados.

A primeira iteração deste logo foi lançada em 1969 e, com alguns pequenos ajustes, permaneceu até 1999, quando o logo que a maioria de nós conhece foi implementado.

Nesta reformulação, o azul se foi e o logo volta à sua essência retro, com o objetivo de criar um ícone “minimalista” que “atende a evolução da marca e presta homenagem à herança. O resultado é um símbolo mais alinhado com a imagem da marca.

Redesenhamos nosso logo intencionalmente inspirado em nossas identidades de 1969 a 1998, que eram autênticas, confiantes, simples, genuinamente Burger King“, comentou Raphael Abreu, chefe global de design da Restaurant Brands International, empresa controladora do Burger King. “Por isso, modernizamos um clássico, garantindo que o novo design fosse duradouro e atemporal. Ajustamos o formato e as proporções do pão, deixando-o mais próximo dos nossos hambúrgueres. O tipo era simples, arredondado, mas ainda mantendo um pouco da nossa personalidade divertida e amigável. Estamos extremamente orgulhosos de poder encontrar em nossa própria história o caminho a seguir para nossa marca“, completou.

A família de fontes da marca Flame foi projetada pela Colophon Foundry com três variantes: bold, regular e sans. É inspirado nas formas da comida do restaurante, “arredondada, ousada, gostosa”, e canaliza adequadamente os elementos do tom de voz da marca. A equipe queria uma fonte que quisesse fazer as pessoas terem vontade de dar uma mordida nela.

As cores escolhidas foram descritas como “ricas e arrojadas” e que foram extraídas dos processo e ingredientes dos lanches da marca, e nomeadas de acordo: “Fiery Red, Flaming Orange, BBQ Brown, Mayo Egg White, Melty Yellow e Crunchy Green”.

Enquanto isso, as ilustrações da nova identidade visual transmitem habilmente a já mencionada personalidade divertida da marca, e a fotografia é “hiper texturizada e dialoga com o aspecto sensorial da comida”. Todos esses aspectos foram projetados pensando nas plataformas digitais.

Os novos designs de uniformes foram feitos em colaboração com Bryce Barnes e destinam-se a misturar estilo de rua contemporâneo com conforto, adornado com cores e gráficos distintos, enquanto a embalagem celebra o logo recém-reformado, ao lado de ilustrações divertidas de ingredientes e um uso impactante do novo tipo de letra característico.

O design é uma das ferramentas mais essenciais que temos para comunicar quem somos e o que valorizamos, e desempenha um papel vital na criação do desejo pela nossa comida e na maximização da experiência dos clientes“, afirma Abreu. “A grande maioria dos elementos foi completamente reimaginada. Desde 1999, quando o logo anterior foi lançado, muitas coisas mudaram no mundo das marcas e no Burger King. Hoje, as marcas usam o espaço digital como playground e uma identidade fotogênica e amigável para o digital é necessária mais do que nunca. Em 1999, isso não era uma preocupação, estávamos usando nossos telefones Nokia para jogar o jogo da cobrinha, é isso!“, completa. Confira o vídeo que apresenta detalhes do redesign:

Ele acrescentou que o Burger King está reinventando sua marca do zero, removendo sabores, cores e conservantes de fontes artificiais para todos os alimentos do cardápio, investindo fortemente em tecnologia para melhorar a experiência dos clientes em restaurantes e em dispositivos móveis, e tornando alguns grandes compromissos com a sustentabilidade nas frentes alimentar, do planeta e das comunidades.

Considerando todas essas mudanças, pensamos que a identidade visual atual não estava mais nos refletindo como marca. E precisávamos de uma expressão visual que pudesse combinar gosto e qualidade por meio do design“.

A nova identidade já pode ser encontrada no site do Burger King e será implementada em tudo da marca, desde as mídias sociais até aos menu se interiores em seus 18.800 restaurantes em todo o mundo nos próximos anos.

  •  
  •  
  •  
  •