Aprenda a evitar erros comuns na hora de montar o portfólio

Por Alana Santos

Sempre que você deseja conhecer os trabalhos de algum freelancer, o portfólio online é a melhor maneira para entender seu estilo profissional. Por isso, evitar alguns erros é essencial para o sucesso.

Separamos algumas dicas de como evitar os erros mais comuns na hora de montar um portfólio online. Caso tenham alguma dúvida ou sugestão, fiquem à vontade para nos dizer através dos comentários. Ok?

 

Foco na audiência errada

É da natureza do publicitário/designer assim que cria o portfólio, enviar para amigos e familiares apenas para saber qual é a primeira opinião obtida ao acessar seu link. Como na maioria dos casos (esperando por um feedback positivo) seu portfólio será montado para agradar essas pessoas.

Porém, essa não é a audiência que você precisa focar. É necessário considerar os clientes e empregadores em potencial. Pessoas que geralmente tem um perfil bem diferente dos seus amigos e familiares. Foque no público alvo que gostaria de algo voltado para o lado corporativo e experimente mostrar os resultados e métricas na apresentação.

 

Muito trabalho à mostra

Nós sabemos como é orgulhoso finalizar um job e de achar que as pessoas precisam ver o máximo do trabalho realizado para entenderem seu potencial certo? Errado!

Aqueles que acessam o seu portfólio não querem passar horas dentro dele vendo todos os trabalhos. Eles querem ver somente aquilo que você considera excepcional e que demonstre todo o seu talento. Nesse ponto o menos é realmente mais.

Mas lembre-se: postar muitos trabalhos pode até ser ruim, mas ter medo das críticas pode ser pior ainda. Existem pessoas que são muito críticas consigo mesmas e acreditam que nada do que fazem está bom o suficiente para ser levado ao público.

Não existe um número “ideal” de trabalhos a serem mostrados, isso varia muito de criativo para criativo. Tente sempre levar a sua “pegada” para dentro do site.

 

Sem contexto

Não existe sentido em simplesmente sair colocando seus trabalhos dentro do portfólio de maneira “largada”. É preciso que você encaixe eles dentro de um contexto para que tudo faça sentido.

Um bom exemplo para se lembrar dessa “regra” é de recordar quando você estava no primário e a professora de matemática só aceitava a prova se o cálculo estivesse resolvido, lembra? O trabalho por si só não é válido. É preciso demonstrar como chegou até aquele resultado.

 

Mostre-se

Pense no seu portfólio como se ele fosse um perfil do Linkedin. Tudo o que você faz precisa ter informações claras e precisas, e isso incluí o seu próprio perfil.

Aqueles que irão te contratar não querem saber somente de suas habilidades, mas querem também conhecer um pouco mais sobre o tipo de profissional que você é. Mantenha seu perfil sempre completo e atualizado para que eles consigam entrar em contato com você caso seja necessário.

Uma vez que você tenha criado o portfólio “perfeito” não se esqueça que mantê-lo atualizado é importante. Seus clientes querem apreciar projetos novos.

 

Estas foram algumas dicas para melhorar seu portfólio. Se tiverem alguma sugestão de pauta podem no enviar pelos comentários ou através do e-mail atendimento@publicitárioscriativos.com.br