Precisamos falar sobre o quanto realmente vale o seu trabalho

Por Alana Santos

Uma das maiores dúvidas do freelancer na hora de começar sua carreira é saber o quanto ele deve cobrar pelos seus serviços. Para te ajudar com essa questão preparamos 4 dicas importante para levar em conta na hora de criar um orçamento.

1 – Dificuldade do job

Faça reuniões com o cliente e converse sobre os pontos principais do projeto para descobrir a dificuldade do job. Veja o que você pode oferecer e o que ele espera, para entender com clareza o que realmente precisará ser feito.

Gastar tempo com planejamento irá evitar surpresas no futuro para que você não cobre por um trabalho fácil e que acabe refazendo muitas alterações no projeto. Definir meta e métricas é essencial para o sucesso final do job.

publicitarios-criativos

2 – Horas trabalhadas

Outra coisa necessária e primordial é definir o seu valor por hora trabalhada. Quanto você acredita que vale a sua hora? R$50,00? ou R$500,00? Veja qual o seu preço e aplique ele nas horas dedicadas ao projeto.

Não se esqueça de definir esse valor base de acordo com o mercado de trabalho atual. Se você cobrar muito não irá conseguir clientes, e se cobrar pouco demais estará desmerecendo o seu serviços.

Você pode utilizar a ferramenta “Calculadora Freela” para fazer os cálculos exatos do projeto.

3 – Quanto você precisará investir nesse freela?

Quais recursos serão necessários para a execução do job? Como falamos no post “Por que usar um banco de imagens profissional?” alguns recursos fazem-se necessários para que você realize um trabalho de qualidade. Utilizando banco de imagens como o Fotolia você poderá incluir o valor dele na fatura do cliente.

publicitarios-criativos

Pense nos recursos como investimentos, para tornar seu trabalho profissional e produtivo.

4 – Entenda o seu cliente

Como dito na primeira dica, entender a complexidade do trabalho é algo de suma importância. Porém, é necessário que seja feito um estudo sobre o funcionamento e as necessidades do mesmo. Fisgar clientes com jobs pequenos, porém bem executados, pode ser sua porta de entrada para conseguir contratos mensais de grandes empresas ou marcas.

Gostou? Deixe nos comentários o que vocês acharam dessas dicas e se existe algo mais que é considerado importante na hora de decidir o quanto cobrar do cliente.

Imagens/Reprodução: Fotolia