Xiaomi anuncia que seus celulares também virão sem carregador

Por Alana Santos

Ao que tudo indica a Apple acabou lançando uma nova tendência no mercado de smartphones: o de não incluir acessórios na caixa.

O CEO da Xiaomi, Lei Jun, confirmou está semana que o próximo telefone da marca, o Mi 11, também não será vendido com o carregador incluso e -adivinhem – a justificativa é a mesma da Apple sobre preocupações ambientais.

A Xiaomi foi uma das empresas que “zombaram” da Apple há poucas semanas quando foi anunciado que não haveria mais carregadores na caixa do iPhone 12. Outra delas foi a Samsung, que também aderiu a onda recentemente e já anunciou que também não enviará mais o acessório na caixa.

Pouco depois do lançamento do iPhone 12, a Xiaomi twittou que “não deixou nada fora da caixa” para seu Mi 10T Pro, adicionando um pequeno vídeo que mostra uma caixa Mi 10T com um carregador incluso como forma de provocar a concorrente, confira:

É claro que existe sim o fator ambiental para não incluir os carregadores, já que reduziria a necessidade de matéria prima para a fabricação do mesmo, menos lixo eletrônico e é claro o tamanho das embalagens, mas o consumidores estão se sentindo prejudicados, já que o carregador é um acessório essencial para o funcionamento do dispositivo. Muitos estão comparando essa mudança com a “vender um carro sem as rodas“.

Outra coisa que anda gerando revolta dos clientes é que os dispositivos estão cada vez mais caros e possuem cada vez menos coisas.

Ainda não se tem muitas informações sobre o MI 11 e se somente o carregador será removido da caixa.

Fonte/Créditos: Exame.

  •  
  •  
  •  
  •