Influencers desativam contas no Instagram para chamar a atenção ao que realmente importa

Por Alana Santos

Aqueles que acompanham alguns influencers devem ter percebido que recentemente alguns deles desativaram suas contas no Instagram.

O ato fez parte de uma ação organizada por uma ONG especializada e atuante na prevenção do suicídio, o CVV (Centro de Valorização da Vida), que promove trabalhos voluntários para ajudar a salvar a vida de quem está sofrendo e pensando em cometer suicídio. Eles operam através do telefone 188 e também por um chat.

No último dia 09 de setembro, diversos usuários do Instagram foram surpreendidos com o sumiço durante 24h de mais de 80 influencers sem nenhum tipo de explicação.

Entre alguns dele estava o Evaristo Costa, Juliana Paes, Ana Maria Braga e João Guilherme.

Após as 24h os famosos voltaram (não por coincidência no dia 10 de setembro, dia mundial de prevenção do suicídio), explicando para seus seguidores sobre a ação que teve o intuito de chamar atenção para algo que é preciso falar sobre: saúde mental e prevenção do suicídio.

Os influenciadores subiram a hashtag #ComoVaiVocê em forma de campanha, criando sequências de stories que explicavam tudo sobre o trabalho da ONG e pedindo ajuda, para divulgar a ação, doar e se tornar voluntário.

Logo outros gostaram da ideia e abraçaram a causa, como a Sabrina Sato, Wesley Safadão e Maísa.

Toda essa comoção trouxe grandes resultados para o CVV. O principal fator é que essa ação que foi realizada em parceria entre as agências Peppery e SunsetDDB, não teve nenhum investimento e obteve mais de 20 milhões de reais em mídia espontânea, cumprindo com o principal objetivo: trazer a pauta da saúde mental e prevenção de suicídio à tona.

Caso queria saber mais sobre a ONG, é possível encontrar mais detalhes no Instagram ou no site deles.