Como escolher uma boa hospedagem para o seu projeto de e-commerce?

Por Alana Santos

Com o cenário atual está cada vez mais comum as empresas migrarem para o e-commerce, porém um dos grandes desafios é escolher a hospedagem ideal, afinal, o site deve permanecer sempre do ar e você não irá querer perder dinheiro.

Uma boa hospedagem deve te transmitir confiança, de modo que você se sinta seguro em deixar todo o seu trabalho lá, sem medo que seu site ficará fora do ar no momento de uma venda ou que será hackeado e você perderá todos os seus lucros.

Sendo assim, é necessário estudar bem antes de contratar um serviço de hospedagem e fazer uma boa pesquisa para ver qual irá te atender melhor.

Confira algumas dicas de como escolher uma boa hospedagem para seu e-commerce e evitar perder dinheiro:

O primeiro passo para qualquer decisão é entender completamente seu projeto, quais seus objetivos, o tamanho do seu público, qual a faixa etária dele e etc.

Entender as necessidades que seu projeto terá irá te ajudar a escolher o melhor serviço de hospedagem. Principalmente do caso do e-commerce, todos esses dados precisam ser muito bem estudados já que haverá todo o seu lucro com vendas envolvidos.

Pense se você irá querer que o pagamento ocorra dentro do próprio site ou se o cliente será redirecionado para um outro lugar, pois dependendo da sua decisão o seu serviço de hospedagem precisará ter o dobro de segurança.

Além disso, é preciso levar em consideração em como o site será desenvolvido, pois alguns servidores de hospedagem não aceitam sites em WordPress, por exemplo.

Depois de analisar todos esses dados acima, chegou a hora de pesquisar hospedagens com o melhor custo x benefício para você.

Caso você não entenda muito do assunto, existem diversos rankings na internet que mostram quais são as melhores empresas de hospedagem do mercado e neles você encontra explicações bem completas sobre cada uma das hospedagens. Para entender melhor sobre alguns desses serviços você pode visitar este site e faça uma comparação dos serviços mais populares do mercado. Com ele você conseguirá entender melhor a diferença entre cada tipo de hospedagem, suas vantagens e desvantagens.

Escolher o serviço que melhor se encaixa nas necessidades do seu projeto é fundamental para garantir que o provedor, além de atender os requisitos do projeto, também seja confiável e não deixe você na mão.

Outro ponto que muitas vezes é deixado para trás,é que o serviço de hospedagem de site contratado pode influenciar e muito no seu SEO.

Para aqueles que não estão familiarizados com o termo, ele significa basicamente Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca). O que nada mais é do que um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web e essas otimizações visam alcançar bons rankings orgânicos gerando tráfego e autoridade para um site ou blog. Caso queira entender mais sobre o assunto, a página do Rock Content, possui uma explicação bem detalhada e bem bacana sobre o assunto.

Caso seja necessário você também pode economizar na hora de comprar recursos para o seu site, como é o caso das imagens que estarão nele, uma boa ideia é utilizar alguns bancos de imagens gratuitos, deste modo você gastará o mínimo possível para manter seu negócio no ar.

Hora de avaliar os planos

É claro que de nada adianta analisar todo o seu negócio e escolher a melhor hospedagem do universo, sem antes fazer uma pesquisa de valores, afinal, você está buscando não perder dinheiro.

Uma mesma empresa de hospedagem pode oferecer diversos tipos de planos diferentes e para evitar perder dinheiro é importante entender a diferença entre cada um dele.

Alguns planos podem variar apenas em recursos como espaço em disco, domínios incluídos, mas isso não significa que eles irão suportar mais pessoas. Caso o dado que você esteja buscando é a quantidade de pessoas simultâneas que o seu site irá aguentar, basta comparar a diferença no valor de CPU e memória entre os planos. São esses dados que te dirão a capacidade do seu site e e-commerce.

Caso o serviço de hospedagem escolhido não mostre nenhuma diferença entre esses dados, significa que não importa qual seja o plano escolhido, a quantidade de pessoas que conseguirão ficar online ao mesmo tempo é igual. Nem sempre isso é uma coisa boa, pois dependendo desses valores, talvez seja melhor repensar se o serviço de hospedagem escolhido é a melhor opção para você.

A galera do Blog Dinamize fez uma postagem bem bacana explicando melhor sobre como comparar os serviços oferecidos por hospedagens. O conteúdo está bem completo e será possível tirar várias dúvidas.

Na maioria dos casos você pode escolher o plano mais barato, a menos que você necessite de recursos adicionais que só estão disponíveis em outros planos mais caros e que seu site seja muito popular, com uma demanda muito alta.

Apesar de já estar parecendo complicado e ter muitas coisas para ver e analisar existe ainda mais um ponto: o armazenamento disponível. Dependendo da quantidade de coisas que será hospedada, a quantidade de armazenamento pode até mesmo prejudicar a velocidade de navegação do seu site.

Você pode não saber e essa informação pode não estar sendo mostrada facilmente, mas existem alguns serviços de hospedagem de sites que possuem limite de tráfego mensal. O que significa que após uma quantidade limitada de acessos, o servidor irá cobrar um valor adicional por “visitante extra” ou deixará de exibir o seu site na web. Por isso, se mantenha atento às informações oferecidas pelas empresas e garanta aquelas com tráfego de dados ilimitado para não correr o risco de ficar na mão no final do mês.

Por último, e não menos importante, estude como funciona os métodos de pagamento e se o suporte ao cliente realmente funciona. Para os métodos de pagamento veja se aceitará o modo mais conveniente para você (cartão, depósito, boleto, PayPal e etc) e se são oferecidos pagamentos mensais, semestrais e/ou anuais.

Agora a parte do suporte ao cliente é realmente muito importante! Não importa o quão bom seja o serviço de hospedagem escolhido, pois pode (e irá) acontecer de em algum momento você precisar de suporte.

Tenha certeza que o serviço escolhido tenha algum telefone de contato ou chat ao vivo para quando acontecer uma emergência e você precisar de um serviço imediato e não apenas um e-mail de suporte e/ou um sistema de abertura de ticket. Você ficaria surpreso se soubesse o quanto isso faz diferença no dia a dia.

Caso ainda tenha restado alguma dúvida o blog Space Programmer possui também algumas dicas bem bacanas de como escolher uma boa hospedagem de sites.