Arco-íris ‘preso’ dentro de museu é feito com mais de mil fios

Por Fillipe Luis

A Grande Galeria do Museu de Arte de Toledo, em Ohio, nos Estados Unidos, está acostumada a estar sempre cheia de clássicas obras de arte que tem muitas décadas e até centenas de anos. Porém, recentemente, eles receberam uma arte nada clássica e bem moderna que fica bem no meio de um de seus grandiosos salões: um arco-íris.

O artista por trás dessa obra linda é Gabriel Dawe, um criador de origem mexicana que se especializou em meios mistos e instalações feitas de fios coloridos que se parecem com feixes de luz nascendo de espaços confinados.
A nova instalação de Gabriel se chama Plexus nº35 e ficará decorando o Museu de arte de Toledo até o dia 22 de janeiro de 2017. Veja fotos na galeria: