YouTube proíbe Monark de monetizar seu vídeos

Por Fillipe Luis

Além de ser proibido pelo Youtube de criar novos canais, Monark também foi vetado de seus ganhos na plataforma e não irá mais receber pelos seus vídeos. Após ser demitido do podcast Flow por defender a criação de um partido nazista, o influenciador digital compartilhou nesta sexta-feira (18/02) o anúncio que recebeu da plataforma.

No Twitter, ele compartilhou o print de um e-mail em que o YouTube o veta de criar novos conteúdos por ter violado “políticas de responsabilidade do criador” estabelecidas pela rede social.

A medida determina que ele seguirá com os antigos conteúdos disponíveis apenas para visualização, mas sem monetizar. Monark alegou que está sofrendo perseguição política.

“Estou sofrendo perseguição política. Eles (YouTube) me proibiram de criar um novo canal para poder continuar minha vida, pessoas poderosas querem me destruir. Liberdade de expressão morreu“, reclama o mesmo em suas redes sociais.