Netflix irá taxar quem divide a senha

Por Alana Santos

A Netflix anunciou ontem, dia 16, que vai começar a testar a implementação de uma taxa extra para usuários que compartilham suas contas com pessoas que não moram na mesma casa.

Em um comunicado divulgado em seu site oficial, eles disseram que há uma “confusão sobre quando e como a Netflix pode ser compartilhada” e que o compartilhamento da mesma conta em diferentes casas impacta a “habilidade de investir em grandes novos filmes e séries”.

Já sabemos que o compartilhamento de senhas vem sendo um problema para a Netflix desde o início, mas agora eles decidiram agir para minimizar isso e a solução encontrada foi o lançamento de duas novas funções.

A primeira função se chama “Add an Extra Member” (Adicione um membro extra), que aplicará uma taxa extra para a inclusão de até duas pessoas que não vivem na mesma casa. Já a segunda é o “Transfer Profile to a New Accout” (Transferir perfil para uma nova conta), para facilitar a transferência de perfis entre contas diferentes.

As taxa de compartilhamento não são baixa, para adicionar dois membros extras, por exemplo, o valor corresponde a aproximadamente metade do custo do plano básico do streaming. No Chile o plano básico custa 5940 pesos chilenos (aproximadamente R$38) e a taxa extra sai por 2380 pesos chilenos (aproximadamente R$15).

A opção vai custar US$ 3,99 na Costa Rica, 7,9 Soles no Peru, e 2380 pesos chilenos

Os testes começarão a ser feitos primeiro no Chile, Costa Rica e Peru. Dependendo do resultado será expandido para outros países. Ainda não se sabe se há previsão para que o Brasil seja incluído nesse teste.

Fonte/Créditos: Jovem Nerd.