O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) acolheu a reclamação feita pelo McDonald’s e, em decisão liminar, pediu a suspensão temporária da propaganda do Habib’s.

No filme “Novos Beirutes Habib’s”, aparecia um palhaço que faz referência ao Ronald McDonald sendo uma paródia do jingle do Big Mac. O vídeo foi lançado em setembro e suspenso em decisão emitida no dia 25 de outubro.

O McDonald’s acusou o Habib´s de denegrir a imagem da empresa, de usar de forma não autorizada as marcas registradas e de praticar a publicidade comparativa irregular. Segundo o Conar, o relator do processo entendeu que a campanha contraria as normas do Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária.

O vídeo também faz referência ao Burger King com a presença de um rei usando uma coroa, item utilizado em campanhas do restaurante. O McDonald’s pedia a retirada de dois comerciais. No entanto, o primeiro filme, “Leilão”, lançado em julho e que já deixou de ser veiculado na TV, não foi suspenso.

Em comunicado, o Habib’s declarou que “o pedido ainda não foi julgado. No entanto, o relator do caso, por meio de uma liminar, solicitou a suspensão da veiculação do filme ‘O Mesmo (apenas deste). O Habib’s respeitou a decisão”.

Deixe seu comentário