Confira os principais comerciais exibidos no Super Bowl 2021

Por Alana Santos

Um dos grandes momentos da publicidade são os comerciais exibidos durante a final do Super Bowl. Com uma visibilidade mundial muito grande, é o momento que muitas marcas investem pesado para fazer a “propaganda do ano”.

No entanto, a linha de anúncios do Super Bowl LV foi um pouco diferente dos anos anteriores. Anunciantes regulares como Budweiser, Pepsi, Coca-Cola e Audi decidiram não veicular um comercial durante o grande jogo. Apesar dessas marcas ausentes, várias empresas fizeram sua estreia publicitária no Super Bowl, incluindo DoorDash, Oatly e Huggies (primeira marca de higiene infantil a fazer um comercial no jogo).

Apesar da COVID-19 ter mudado alguns aspectos do Super Bowl deste ano, o preço para exibir um anúncio durante o jogo ainda era alto: as empresas pagaram cerca de US $ 5,6 milhões por um anúncio de 30 segundos na CBS durante o Super Bowl. Para os fãs de esportes e aposta, o sistema bet365 Verification ajuda a criar transações seguras e confiáveis.

Como já é de costume nós separamos alguns dos anúncios mais marcantes exibidos neste edição, confira:

Oatly

O comercial da marca de leite vegano Oatly no Super Bowl apresentou seu CEO Toni Petersson cantando um jingle sobre a marca.

Logo depois que o anúncio foi ao ar, os usuários do Twitter começaram a postar suas críticas sobre o clipe de 30 segundos, levando o fabricante de leite de aveia a entrar na onda do Twitter. A Oatly então lançou uma camiseta de edição limitada que dizia: “Eu odiava totalmente aquele comercial do Oatly“, sob uma imagem de Petersson.

General Motors

A Noruega tem o maior número de veículos elétricos per capita de qualquer país, incluindo os EUA. A General Motors usou essa estatística com a ajuda das estrelas Will Ferrell, Kenan Thompson e Awkwafina ao anunciar seu plano de criar 30 novos veículos elétricos até 2025.

Vale notar que a montadora também utilizou sua nova identidade visual para o comercial.

Amazon

A Amazon lançou seu comercial sobre a Alexa antes do Super Bowl e imediatamente se tornou um sucesso viral. O anúncio apresenta Michael B. Jordan, que foi nomeado o “homem mais sexy do mundo” pela revista People no ano passado, completando tarefas como uma versão humana da Alexa com olhos azuis brilhantes.

Cadillac

Esse foi um dos comerciais mais citados depois de sua exibição. Os fãs do filme clássico “Edward Mãos de Tesoura” ficaram maravilhados em ver o comercial do Cadillac no Super Bowl deste ano.

O anúncio apresentava Timothée Chalamet como Edgar Mãos de Tesoura, filho de Edward, e Winona Ryder, uma estrela do filme original. Com duração de um minuto, o personagem de Chalamet luta para completar as funções básicas, mas é capaz de dirigir o Cadillac Lyriq com a função de direção sem as mãos do veículo com facilidade.

Tide

O anúncio do Tide no Super Bowl apresentou uma surpresa de Seinfeld: Jason Alexander como um moletom. O comercial mostra o moletom sendo sujo pelo proprietário enquanto se transforma em um brinquedo de cabo de guerra e em uma almofada de assento.

Robinhood

O anúncio de Robinhood pode não ter sido especialmente notável, mas dada a recente polêmica da empresa em meio à saga GameStop e Reddit, a mensagem do anúncio “todos somos investidores” pode ter impactado os telespectadores.

Cheetos

O comercial da Cheetos no Super Bowl promoveu seu Crunch Pop Mix. No anúncio, Ashton Kutcher pega Mila Kunis roubando seu pacote de Cheetos. Shaggy então diz a Kunis para dizer a Kutcher, “não é você”.

Esta referência ao hit de 2000 de Shaggy “It Wasn’t Me” continua pelo resto do comercial, enquanto Kutcher pega Kunis repetidamente em vários locais comendo seu Cheetos.

Toyota

A Toyota não promoveu um veículo específico no comercial do Super Bowl deste ano, mas destacou Jessica Long, 13 vezes medalhista de ouro paraolímpica e que adotou um duplo amputado.

Somos gratos a Jessica e sua família por sua disposição em nos permitir compartilhar uma parte tão pessoal de sua história“, disse Lisa Materazzo, vice-presidente do grupo de Marketing da Toyota em um comunicado.

Jeep

O anúncio de dois minutos da Jeep no Super Bowl, chamado “The Middle“, atua como um grito unificador por uma nação profundamente dividida. O anúncio, narrado por Bruce Springsteen e criado por Doner, concentra-se na Capela do Centro dos EUA.

O centro geográfico da América é usado como uma metáfora para o meio termo político, que Springsteen descreve no local como “um lugar difícil de chegar ultimamente – entre o vermelho e o azul, entre o servo e o cidadão, entre a nossa liberdade e o nosso medo” – uma referência clara à turbulência política do país, incluindo os tumultos mortais no Capitólio e as contínuas lutas entre apoiadores e críticos do ex-presidente Donald Trump.

Disney

A Disney promove seu pacote de streaming – ESPN +, Hulu e Disney + – em seu comercial de 30 segundos.

M&M’s

O anúncio de 30 segundos, da BBDO New York, mostra pessoas compartilhando M&M’s como uma forma de desculpas pelas irritações da vida, como chutar o assento à sua frente em um avião ou chamar alguém de Karen.

O comercial termina com a aparição de uma celebridade, com Dan Levy prometendo aos spokescandies do M&M que não comerá mais nenhum de seus amigos.

Uber Eats

Uber Eats está reunindo os veteranos de “Saturday Night Live” Mike Myers e Dana Carvey para reprisar seus papéis da famosa peça e filmes de “Wayne’s World”. Cardi B também faz uma participação especial no comercial do The Special Group.

Logitech

Uma nova parceria de marca entre Lil Nas X e Logitech, a empresa suíça de produtos digitais, incluiu um comercial de alto nível do Super Bowl. O anúncio de 60 segundos, que estreou em 2 de fevereiro, faz parte da campanha da nova marca do comerciante “Defy Logic” que se concentra em criadores, artistas e ativistas.

Bud Light

Apesar da Budweiser não ter feito seu anúncio no Super Bowl, a Bud Light esteve presente e focou nas pequenas dificuldades que a pandemia nos trouxe, desde cortes de cabelo “faça você mesmo” até planos de casamento que não deram certo.

O anúncio da Wieden + Kennedy New York apresenta o novo sabor da limonada com gás da marca, mostrando limões caindo do céu como um símbolo de todos os “limões” que 2020 nos trouxe.

Pringles

O mais recente anúncio de Pringles no Super Bowl dá continuidade às mensagens de sabor da marca. No comercial de 30 segundos, que estreou em 28 de janeiro, o ato de empilhar diferentes sabores de Pringles é tão envolvente que as pessoas ignoraram o retorno de um pod lunar do espaço.

Criado pelo Gray Group, as pessoas em uma sala de controle de missão semelhante à da NASA não notam dois astronautas presos no mar porque eles estão empilhando Pringles.

Chipotle

Em seu primeiro anúncio no Super Bowl, a Chipotle dá o pontapé inicial em seus esforços para ajudar as carreiras de jovens agricultores enquanto exibe seu burrito exclusivo.

O anúncio oficial de 30 segundos da Venables Bell & Partners, que estreou em 25 de janeiro, começa com um menino jantando em casa, burrito na mão, que levanta a questão: “E se isso pudesse mudar o mundo?”. Acima você confere o comercial completo de 1 minuto.

Doritos

Em um comercial de 60 segundos, Matthew McConaughey é mostrado tendo algumas dificuldades com a vida cotidiana porque ele está sem energia. O espectador não sabe por que se tornou #FlatMatthew, embora o ator diga que não tem se sentido bem consigo mesmo.

Ele então finalmente volta ao normal graças ao Doritos 3D Crunch. “I Want to Break Free” do Queen é a trilha sonora do comercial, que vem da agência criativa da Frito-Lay Goodby, Silverstein & Partners.

  •  
  •  
  •  
  •