Elon Musk passa Jeff Bezos e se torna a pessoa mais rica do mundo

Por Alana Santos

Elon Musk se tornou, oficialmente, a pessoa mais rica do mundo nesta última quinta-feira, dia 07.

Com uma fortuna avaliada em cerca de US$ 188 bilhões, o empresário ultrapassou Jeff Bezos, CEO da Amazon, com seus US$ 187 bilhões.

Que estranho“, postou em seu perfil no Twitter. “Bem, vamos voltar ao trabalho“, complementou na publicação.

Musk é proprietário de 20% das ações da Tesla, e a valorização da companhia ao longo do ano passado foi uma das grandes responsáveis pela conquista anunciada.

A produção em massa de veículos elétricos e o crescimento do interesse da população na aquisição desses produtos contou muitos pontos a favor, sem contar que a pandemia deu uma ajuda no aumento de sua fortuna pessoal.

A ascensão do dono da Tesla no ranking de bilionários impressiona não apenas pelo valor de sua fortuna. No início do ano passado, o patrimônio de Musk era estimado em 31 bilhões de dólares, segundo a Bloomberg. Já na lista anual da Forbes, divulgada em abril de 2019, Musk estava em 31° lugar entre os maiores bilionários do mundo.

Apesar de todo esse poder, Elon declarou, em 2019,  ser “pobre em dinheiro” e “financeiramente ilíquido“, ano em que cogitou vender “quase todos os bens físicos” que possuía, principalmente por aplicar grande parte do dinheiro que recebe em novos empreendimentos.

Bezos ocupava a primeira posição no ranking de bilionários desde 2017. E Musk acha que está apenas no começo: planeja vender 20 milhões de veículos por ano logo.

Lembrando que o ranking elenca fortunas conhecidas, não aquelas que fogem de registros tradicionais, e que há aqueles, como Vladimir Putin, presidente da Rússia, e Mohammed bin Salman, príncipe da Arábia Saudita, que certamente não ficariam de fora do pódio, com somas que chegam a ser consideradas incalculáveis.

Fonte/Créditos: Tecnmundo.

  •  
  •  
  •  
  •