Após polêmica Fox pede desculpas por sua campanha em X-Men: Apocalipse

Por Fillipe Luis

“Isso é confuso. Seria machista bater em você? Ou seria mais machista não bater em você”, diz o anti-herói politicamente incorreto Deadpool ao se deparar com a vilã Angel Dust. O dilema vivido pelo Mercenário Tagarela encontrou ressonância relativamente similar numa polêmica no mundo real.

A 20th Century Fox teve de se desculpar por utilizar uma imagem do antagonista Apocalipse (Oscar Isaac) enforcando a Mística (Jennifer Lawrence) para promover seu mais recente blockbuster, X-Men: Apocalipse, de Bryan Singer.

Em nota enviada ao site The Hollywood Reporter, a Fox declarou que não endossa a violência contra a mulher e lamentou ter escolhido a figura em questão para estampar banners e cartazes. “No nosso entusiasmo para mostrar a vilania do personagem Apocalipse nós não percebemos imediatamente a incômoda conotação desta imagem em sua versão impressa”, disse um porta-voz do estúdio.

517140
Reprodução/imagem: Google

“Assim que nós percebemos o quão insensível isso foi, nós rapidamente tomamos medidas para remover esses materiais. Nós pedimos desculpas por nossas ações e nunca iríamos fechar os olhos para a violência contra as mulheres”, diz a nota completa.

Antes da nota da Fox, a atriz Rose McGowan (PânicoÀ Prova de Morte) criticou duramente a Fox por conta da escolha de marketing. “Há um grande problema quando os homens e mulheres na 20th Century Fox pensam que violência casual contra mulheres é uma boa maneira de promover um filme”, afirmou. Ela afirma que a peça publicitária é incômoda pois, para ela, a forma como a Mística é apresentada na foto é descontextualizada. “Não há contexto no cartaz, apenas uma mulher sendo estrangulada. O fato de ninguém ter impedido isso é ofensivo e, francamente, estúpido. Os gênios por trás disso precisam se olhar no espelho para pensar em como eles estão contribuindo para uma melhor sociedade.”

Nas redes sociais, leitores discordaram da visão de McGowan, destacando que o filme é uma obra de ficção e que no universo X-Men os personagens costumam lutar de igual para igual, independente do gênero, por conta de seus poderes.

Fonte: AdoroCinema

  •  
  •  
  •  
  •