Ford recebe destaque em design automotivo no Brasil

Por Alana Santos

O design automotivo é um assunto pouco comentado aqui no Brasil, mas apesar disso todos os anos temos diversos novos modelos de veículos sendo lançados. Nós, como criativos, achamos incrível quando conseguimos visualizar elementos de design em um carro,  porém quase nunca vamos a fundo nesse tipo de assunto.

Porém, o designer automotivo (profissional responsável por criar modelos de carros inovadores, sempre pensando na funcionalidade e a aparência dos veículos) está recebendo uma atenção especial da mídia por conta da Ford estar expandindo o uso de novas tecnologia para ganhar velocidade e agilidade no desenvolvimento de seus veículos.

Atualmente, eles vem utilizando óculos especiais que projetam hologramas com base em um modelo real, fazendo com que os designers conseguiam mudar instantaneamente elementos do carro.

É incrível poder combinar o antigo e o novo – modelos de argila e hologramas – para ganhar tempo e interagir rapidamente na criação de um veículo” – diz Jim Holland, vice-presidente de engenharia de componentes e sistemas da Ford.

A Ford também enviou para nossa equipe testar e conhecer o novo EcoSport 2018 e resolvemos contar um pouco sobre nossa experiência com o novo modelo.

Um carro dos sonhos

Já de antemão precisamos avisar que estamos morrendo de saudades do carro. Ele é simplesmente sensacional! A primeira impressão que tivemos ao ver do automóvel é que tratava-se de um modelo normal, muito bonito, mas que não apresentaria nada de mais. Porém fomos surpreendidos.

O novo EcoSport 2018 é o modelo mais confortável é prático que nossa equipe conheceu até hoje. Para testar um pouco mais o veículo, fizemos uma viagem até a praia e precisamos confessar: a experiência com o carro foi única.

Todos os acentos do veículo são extremamente confortáveis e o ajuste permitido para suporte lombar evita aquelas dores nas costas em caso de viagens longas. Além disso é impossível se perder, pois o automóvel é equipado com um sistema de GPS que mostra com precisão cada uma das curva que serão feitas durante o trajeto.

Como se tudo isso não fosse o bastante, ainda é possível conectar seu dispositivo celular diretamente com a central multimídia de modo que fazer ligações e tocar suas músicas favoritas são possíveis com apenas um toque de botão no volatante.

Sabemos que já existem modelos no mercado, que não são o EcoSport e que fazem basicamente o mesmo, porém podemos garantir que os designers automotivos da Ford pensaram em cada detalhe para ser único e te faz se sentir em casa quando entra no veículo.

Com toda essa atenção que a Ford anda recebendo de designers do mundo inteiro, eles estão desenvolvendo cada vez mais materiais, explicando sobre as etapas da fabricação de seus carros, sobre os recursos que seus funcionários de marketing utilizam, a escolha de materiais pelos engenheiros, a decisão de textura e cores.

A marca separa a parte do design de um veículo em basicamente 3 etapas:

  1. Com a pesquisa de público-alvo desenvolvida pela equipe de marketing a equipe de design pode começar seu trabalho, com esboços, desenhos tridimensionais, para que se tenha uma ideia do novo modelo que será desenvolvido;
  2. Uma vez que a ideia já está “madura” eles utilizam uma argila plástica para dar vida ao projeto, dando a ele um formato real e palpável;
  3. Com a miniatura completa, os designers utilizam o DI-Noc, um filme maleável que imita a pintura metalizada real utilizada em um veículo. Com esse processo é possível analisar defeitos prováveis na superfície, sombras, cores, volumes e até mesmo highlights do produto.

Gostou? Você tem alguma experiência já com os carros da Ford ou com design automotivo? Deixe sua opinião nos comentários.