FreeCô imprime frases machistas em papel higiênico em nova campanha

Por Alana Santos

A FreeCô aproveitou o Dia Internacional da Mulher para chamar a atenção sobre o machismo.

Em sua nova campanha #limpandopreconceito a marca selecionou tweets machistas e imprimiu em rolos de papel higiênico.

A campanha #limpandopreconceito escholeu um bar de grande frequência de público em São Paulo no último dia 02, onde alguns dos rolos foram distribuídos e colocados também nos banheiros.

A estratégia prevê ainda um filme com distribuição em redes sociais, contendo a participação de mulheres e homens falando sobre machismo e preconceito.

A marca, criada em 2015, tem um histórico de atitudes voltadas à inclusão, que começou por meio do mote Todo Mundo Faz. A FreeCô estreou sua primeira campanha de comunicação com grandes personalidades que assumiam publicamente o fato de também fazerem o número 2, como todo ser humano.

Adriane Galisteu foi a protagonista e a comunicação ganhou a simpatia do público e de outros grandes nomes que gostaram da ideia de falar abertamente e sem constrangimento sobre algo que é natural ao ser humano e não deve ser tratado como um tabu.

Hoje, quatro anos depois do lançamento, FreeCô atingiu o patamar de Scale-Up, empresas que integram o seleto grupo de startups que crescem mais de 20% ao ano, por três anos consecutivos e com altíssimo potencial de aceleração. Entre 2015 e 2018, a empresa atingiu crescimento de 11.700%. Em 2019, a empresa cresceu 150% em relação ao ano anterior e a previsão é continuar dobrando o crescimento por, pelo menos, dois ou três anos.