Nickelodeon e NFL usam realidade aumentada em jogo para atrair a atenção das crianças

Por Alana Santos

As pessoas que assistiram ao último jogo do Chicago Bears vs. New Orleans Saints acabaram tendo uma grande surpresa.

Em uma transmissão destinada a um público mais jovem, a NFL transmitiu o jogo simultaneamente na Nickelodeon, com seus próprios locutores, animações e celebrações de touchdown com personagens como o Bob Esponja e, claro, muito slime.

Desde o início do jogo começou até o fim, a transmissão da Nickelodeon foi bem diferente do que os telespectadores estão acostumados. Sempre que um jogador marcava um touchdown, canhões de slime apareciam na end zone. Artes digitais, como nuvens aparecendo aos pés dos jogadores ou iluminando seu peito, apareciam com frequência durante os replays. Algumas estrelas da Nickelodeon narravam dos bastidores, fazendo referências aos programas da rede.

A Nickelodeon não costuma exibir jogos da NFL e seus personagens são tão conhecidos que ver o Lula Molusco e o Patrick em campo chama a atenção de todos os públicos. Toda a transmissão também é uma prova de como a tecnologia pode fazer mais do que apenas melhorar a qualidade visual dos jogos, como pode torná-los muito mais divertidos.

A transmissão ficou em uma linha tênue entre parecer uma simulação de videogame e um jogo real. Era mais colorido do que um jogo padrão da NFL, como escreveu Conor Orr da Sports Illustrated: “Ter o jogo despojado de toda a sua auto-importância e arrogância foi um prazer absoluto“.

Apesar dos gráficos malucos e de todas as cores que normalmente não estão presentes em uma partida da NFL, a transmissão foi bem-sucedida principalmente por falar tão abertamente com seu público.

Diferente do que muitos imaginam, a partida não ficou “infantil” com todos esses incrementos, muito pelo contrário, o jogo parecia vibrante, divertido e revigorante.

Aparentemente o público gostou bastante dessa parceria e já estão pedindo isso novamente na temporada 2021-2022. Além disso, alguns usuários lembraram que não somente a Nickelodeon pode fazer esse formato de transmissão. A Disney, por exemplo, é dona da ESPN e poderia encontrar uma maneira de transmitir o jogo no Disney Channel. Já pensou na Elsa e Olaf fazendo comentários ao vivo, o Capitão América e o Homem de Ferro representando duas equipes opostas e lutando, sabres de luz podem acender na zona final quando ocorrem touchdowns, entre diversas outras possibilidades.

Os jogos da NFL não precisam ser sérios o tempo todo. A Nickelodeon provou que há um público animado, de crianças e adultos que gostam desse novo formato.

Para a partida foi utilizado recursos gráficos e de realidade aumentada para atrair a atenção dos pequenos. É a primeira vez que NFL e Nickelodeon promovem uma ação do tipo. Se a iniciativa tiver boa aceitação com o público alvo, a parceria tem potencial para ser repetida no Super Bowl, que nesta temporada terá transmissão da CBS (que pertence ao mesmo grupo da Nickelodeon).

  •  
  •  
  •  
  •