Copo Stanley: entenda a nova sensação entre os jovens

Por Fillipe Luis

Há mais de 100 anos a marca Stanley foi criada com o intuito de produzir copos térmicos. Porém, nesses últimos anos em atividade, a empresa começou a ganhar uma notoriedade a ponto de viralizar em solo brasileiro.

Para se ter uma ideia do crescimento da marca, de 2018 até o momento, a empresa cresceu uma média de 700% em seu faturamento e isso apenas analisando a América Latina.

Mas para você que só ouviu falar do nome, mas não sabe muito bem do que se trata, não se preocupe! A ideia por trás da coisa é bem simples: os produtos Stanley prometem manter a temperatura da sua bebida por cerca de cinco horas.

O método criado por William Stanley Jr. na cidade de Nova York em 1913, é utilizado nos produtos da marca de modo que os produtos possuem um vácuo entre as paredes que impedem a troca de temperatura, mantendo a bebida gelada (ou quente) por horas.

Por mais que a marca tenha “bombado” agora, a reputação por trás de sua durabilidade não é de agora, de modo que seus produtos foram utilizados para a hidratação de pilotos de aviões durante a 2ª Guerra Mundial. Isso, é claro, são ajudou com a ideia de que seus produtos térmicos são para “toda a vida”.

A promessa de manter a cerveja ou qualquer outra bebida gelada por até cinco horas (ou 20 hcom gelo dentro da caneca), começou a chamar atenção do brasileiro.

E por conta de seu valor relativamente alto com preços apartir de R$149, o produto se tornou motivo de brincadeira nas redes sociais, sendo visto por muitos como apenas um “simples copo”. Algo que acabou sendo positivo para marca, que foi ganhando cada vez mais notoriedade de engajamento em meio ao público, criando uma comunidade orgânica e de relevância.

Nesse começo de 2022, o volume de buscas por “Copo Stanley” chegou próximo ao seu pico. Em termos de conteúdo, a avaliação fica por conta de youtubers, influenciadores e seus próprios cliente, que fazem testes entre diferentes marcas e apontam até mesmo como identificar uma versão falsificada.