Campus Party amplia participação de mulheres em sua edição nacional

  Alana Santos fevereiro 4, 2019 às 9:53h

Um dos grandes destaques da edição de 2018 da Campus Partymaior imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo, foi o incremento da presença feminina. Elas representaram 43% do público presente, sendo que em 2015, eram apenas 27%.

Além disso, nas últimas edições o evento já vem apostando na presença de mais mulheres nos palcos com nomes de peso como, por exemplo, as cientistas brasileiras, Thais Storchi Bergmann e Duilia F. de Mello, a presidente daThe Arthur C. Clarke Foundation, Walda W. Roseman, a diretora fundadora do consórcio Women in Infrastructure Development & Energy (WINDE), a diretora fundadora do consórcio Women in Infrastructure Development & Energy (WINDE), Sharron McPherson, entre outros.

Confira abaixo algumas das palestrantes mulheres que passarão pela Campus Party, entre 12 e 17 de fevereiro.

Fim da Poker face?

A cientista chefe da Dolby Laboratories e professora adjunta da Universidade de Stanford, Poppy Crum, subirá ao palco Feel The Future, no dia 13 de fevereiro, às 13h30, onde falará como novas tecnologias podem aproveitar a fisiologia humana para aprimorar experiências e a forma como interagimos com o mundo. Na Dolby, Poppy é responsável pela integração da neurociência e da ciência de dados sensoriais no projeto de algoritmos, desenvolvimento tecnológico e estratégia de tecnologia. Já em Stanford, sua pesquisa foca no impacto e no potencial de feedback de ambientes imersivos, como realidade aumentada e virtual, sobre neuroplasticidade e aprendizagem.

Cientista de sucesso

Também no dia 13 de fevereiro, Joana D’Arc Feliz, uma das pesquisadoras brasileiras mais premiadas internacionalmente, com uma trajetória marcada por uma grande superação de preconceitos. Hoje Joan dedica-se integralmente a ensinar jovens que, como ela, passam por dificuldades financeiras e adversas como as que ela enfrentou.

Donas da Tecnologia

No dia 14 de fevereiro, às 19h, no palco Steam, Laureane Sousa detalha a iniciativa, Donas da Tecnologia, que visa estimular a entrada de meninas de 8 a 80+ anos no mundo tecnológico, ajudando a enfrentar as dificuldades do mundo científico, para incrementar o número de inventoras, makers, cientistas e profissionais de tecnologia.

Engenharia Nuclear, Robótica Submarina e Física de Partículas

Aline Carvalho analisa no dia 14 de fevereiro, às 17h, no palco STEAM a participação feminina em 3 áreas específicas: Engenharia Nuclear, Robótica Submarina e Física de Partículas. Neste espaço serão abordadas oportunidades de cursos e carreiras, além de incentivar os participantes a apoiarem projetos que contribuam para a equidade de gênero na ciência.

Lugar da mulher é na tecnologia

Com 16 anos, Emanuelle Richard já desenvolveu diversos aplicativos, palestrou em uma série de eventos. Atualmente cursa Ciências da Computação e trabalha em uma empresa de desenvolvimento de softwares como programadora. Em sua palestra abordará como as mulheres foram fundamentais para a tecnologia atual, apesar de todas as barreiras existentes. Emanuelle sobre ao palco Coders na quinta-feira, das 14h às 22h.

The future is ELAS

Carine Roos é mentora, palestrante e especialista em equidade de gênero e inovação. Em sua palestra que ocorrerá no palco Coders, dia 13 às 15h, irátrazer dicas práticas para auxiliar as mulheres a se promoverem no ambiente do trabalho a partir da ressignificação dos erros e do domínio das emoções.

Ingressos

Os ingressos para a #CPBR12 já estão disponíveis na plataforma campuse.ro. O valor do ingresso para todos dias é de R$ 350,00.  Para interessados em ingresso e camping individual, o valor é de R$ 430,00. Para ingresso e camping duplo o valor é de R$ 440,00 por pessoa.

Confira mais artigos sobre Entretenimento.